Repressão

  • warning: include(../orelha/yp.php): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.
  • warning: include(): Failed opening '../orelha/yp.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/php') in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.
Ações de represão fechamento de Rádios Livre ou Comunitárias

14/02/2006 - 11h18
PF cumpre sete mandados de busca e apreensão no Rio
Publicidade
da Folha Online

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira a operação Rádio Pirata para cumprir sete mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Niterói, no Rio de Janeiro.

A operação tem como objetivo interromper o funcionamento, apreender os equipamentos e identificar os responsáveis pelas rádios que operam sem a devida autorização do Ministério das Comunicações, no município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro.

Tags:

A QUI EM CAMPINAS SP NÃO E DIFERENTE MUITAS VESES SOMOS OBRIGADO A CORRER E SE ESCONDER PÓIS A POLICIA FEDERAL E ANATEL QUE RECEBE PROPINA DAS COMERCIAL AREBENTA AS PORTAS DE NOSSAS RADIO E ARMADOS COM ARMAMENTOS DE CROSSO CALIBRE ATERRORISANDO A NOSSA COMUNIDADE OS AGENTES DA PF SÃO ACOSTUMADO A LIDAR COM ASSACINOS E BANDIDOS DE ALTISSIMA PERIGLOSIDADE E LEVA NOSSOS EQUIPAMENTOS NA MAIOR BRUTALIDADE E SE ESQUESSE QUE NÃO SOMOS BANDIDOS MINHA FILHA DE SETE ANOS DE IDADE FICOU MUITO ASUSTADA E TRALMATISADA QUANDO VIU UM DOS AGENTES APONTANDO UMA ALTOMATICA PARA MINHA CABEÇA EU FIQUEI COM MUITO MEDO O POLICIAL PODERIA DER ATIRADO E NADA ACONTECERIA COM ELE A LEI DO NOSSO Brasil PROTEJE SO OS GRANDES E A POLICIA FEDERAL É MUITO PERIGOSA NÃO DEVERIA ESTAR ATUANDO CONTRA CIDADÃOS DE BEM OS COMPANHERO AI DE MINAS QUE LUTA PELA DEMOCRATIZAÇÃO DOS MEIOS DE COMINICACÃO MUITA FORÇA SÓ AVERA DEMOCRACIA SE AGENTE LUTA POR ELA ESTAMOS NO AR

Data de Publicação: 1 de fevereiro de 2006
Índice Texto Anterior | Próximo Texto
Por: José Linhares Jr.

Ontem foi iniciado o julgamento de João Santos, processado sob a acusação de manter, ‘irregularmente’, a Rádio Comunitária Conquista FM, no bairro do Coroado. Ele era presidente da Associação de Difusão Comunitária e Popular (ADPC), mantenedora da emissora na época de seu primeiro fechamento, em 3 de dezembro de 2004.

A audiência foi presidida pelo juiz federal Ney Belo Filho. Na ocasião foi tentado um acordo. Apesar dos esforços da promotoria, a defesa não aceitou as propostas de acordo. “Aceitá-las seria assumir que eu estava cometendo crime, e isso não vai acontecer”, afirmou João santos.

Tenho um transmissor de 1,2 watts, desejo saber se a rádio livre.org tem alguma vinheta para eu botar no ar? e outra coisa aqui em minha cidade não existe nenhuma rádio.Será que eu ligo o transmissor,será que eles vai encher meu saco para eu desligar?

Me Ajudem!!!

Tags:

CIERRAN Y DECOMISAN EL EQUIPO A 2 RADIOS COMUNITARIAS EN OAXACA - CIERRAN Y DECOMISAN EL EQUIPO A 2 RADIOS COMUNITARIAS EN OAXACA

LA POLICIA FEDERAL PREVENTIVA CIERRA CON GOLPES Y CON ARMAS DE GRUESO CALIBRE TUPA RADIO Y LA RADIO LIBRE DE TUTUTEPEC SIN ORDEN JUDICIAL NI DOCUMENTO LEGAL ALGUNO ARREMETEN CONTRA LOS COMUNICADORES

Cencos 8 de diciembre 2005- El día de ayer y en dos acciones separadas pero coordinadas entre si, la Policía Federal Preventiva (PFP) se presentó en las instalaciones de Tupa Radio en el municipio de San Jacinto Amilpas en la región central del estado de Oaxaca para entrar por la fuerza a la casa donde se encontraba instalada la radio comunitaria, amenazar a los comunicadores que se encontraban en ese momento en el lugar y sustraer el equipo de transmisión de la radio, empuñando en todo momento sus armas de grueso calibre. [Radio Zapote]

Tags:

Seis rádios invadidas em Santiago do Chile pela Polícia - www.radioscomunitarias.clPoliciais de Santiado do Chile invadiram, na terça-feira 6 de dezembro, 6 emissoras não autorizadas, que funcionavam na zona metropolitana, nas zonas de Buin, Paine, San Bernardo e Maipu, confiscando seus equipamentos, e exigindo o comparecimento dos supostos responsáveis, que podem levar multas severas e penas de prisão de até 3 anos.

No dia 6 de Dezembro a ANATEL tentou invadir sem autorização judicial a Rádio Comunitária Diversidade FM que fica no Jardim Veneza, periferia do municí­pio de João Pessoa no estado da Paraí­ba. Três supostos policiais federais sem identificação chegaram por volta das 15:00h a serviço da ANATEL, no momento em que três adolescentes iniciavam a transmissão de um programa humorí­stico. Os agentes tentaram invadir a casa da proprietária do terreno onde está construí­do o estúdio da rádio e ameaçaram prender todos os presentes que resistiram e impediram a invasão. Um dos diretores da rádio saiu para a rua para discutir com eles. Depois de duas horas, eles foram embora sem que qualquer apreensão houvesse sido feita, mas com a promessa de que retornariam no dia seguinte (quarta-feira, dia 7).

ANATEL invade a Rádio Comunitária DIVERSIDADE FM que fica no Jardim Veneza, periferia do município de João Pessoa-PB.

Hoje, 06 de Dezembro de 2005, dia marcado por mais uma ação truculenta da ANATEL que tentou invadir sem autorização judicial a Rádio Comunitária DIVERSIDADE FM. Três funcionários públicos a serviço da ANATEL chegaram, por volta das 15:00h, se passando por POLICIAIS FEDERAIS tentando invadir a casa da proprietária do terreno onde está construído o estúdio da rádio, fazendo ameaças a SRª: Célia, que não tinha nada a ver com a conversa e ameaçando prende-la sem que eles tivessem qualquer autoridade para isso ( como se exercer o direito constitucional de se comunicar e expressar livremente o pensamento fosse crime!!! ); tentaram de todo jeito entrar na casa da proprietária do terreno e não conseguiram, ação deles chamou a atenção de representantes de associações comunitárias e de moradores que passavam no local, o que deixou os funcionários públicos da ANATEL muito irritados; Foram embora depois de duas horas de tentativas de invadir a casa, sem sucesso!; não apreenderam nenhum equipamento mas ameaçaram fazer-lo na volta que ficou marcado para o dia seguinte (07-12-05) com a companhia da polícia Federal.

Tags:

Escritores peruanos y de todo el mundo se solidarizan con enérgica protesta

Cuando se pensaba que los años del horror paramilitar y las desapariciones y crímenes masivos cometidos por las fuerzas armadas y policiales peruanas habían desaparecido, nos topamos de pronto con un hecho terrible que ha sacudido las conciencias de los escritores peruanos y de la ciudadanía.
El joven escritor apurimeño James Oscco Anamaría fue encontrado muerto en los barrancos cercanos al puente Pachachaca en Abancay, lugar donde transcurre parte de la hermosa novela del narrador José María Arguedas, Los ríos profundos. Lo macabro del caso es que el cadáver del joven poeta, profesor universitario y estudiante de abogacía, fue encontrado con evidentes signos de tortura. Tenía las uñas desgarradas, el esternón, las costillas y las piernas quebradas, le habían vaciado un ojo y su rostro lo tenía quemado.

Syndicate content