• warning: include(../orelha/yp.php): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.
  • warning: include(): Failed opening '../orelha/yp.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/php') in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.

P F e ANATEL defende interesses de Radio Comercial e leva preso sem mandado de busca e apreensão o Diretor da Radio Noturna FM

Tags:

Policia Federal junto com a ANATEL defende interesses de Radio Comercial e leva preso sem mandado de busca e apreensão o Diretor da Radio Noturna FM de Frutal .

Eu, Sandro Luiz da Silva, cidadão brasileiro, morador da cidade de Frutal MG, ontem dia 21 de dezembro, por volta das 10 horas e 45 minutos da manha, fui surpreendido por uma a;ao inesperada quando três veículos Camionetes Pick-Up Ranger de cores preta, prata e vermelha fecharam a rua onde tenho uma emissora de radio comunitária e distribuíram vários agentes da ANATEL e da PF nas proximidades. Eles abriram o portão sem permissão adentraram e me causaram um grande susto , onde no momento tentei me refugiar não sabendo do que se tratava e no momento me abordaram fazendo vários questionamentos que sem nenhuma reação respondi. Num gesto brusco fui algemado e desacatado por palavras de baixo calão proferidas pela maioria dos agentes. .Imobilizado e com muita sede de água e sob pressão psicológica permaneci assim aproximadamente por uma hora , quando não resistindo a sede pedi novamente a um dos agentes que me trouxesse um copo com água e fui prontamente atendido .Ainda algemado nas grades de uma janela, os agentes continuaram me fazendo pressão e perguntando o local onde estava instalado o estúdio da emissora . Com receio de ser uma cilada ,pois a mim não foi apresentado nenhum documento de busca e apreensão e ouvindo a comunicação via celular entre um dos agentes com a Radio Centenário FM de Frutal, denominada 97 FM. permaneci calado .Dos equipamentos levados foram um transmissor, uma chave híbrida, um equalizador e um aparelho de DVD. Após três horas algemado nas grades da janela, fui encaminhado para o lado de fora da sede da emissora onde novamente fui humilhado diante de varias pessoas que aglomeravam no local . Sendo assim, fui colocado dentro de uma Pick-Up Ranger onde mesmo com algemas em punho ainda fui imobilizado e preso em um suporte do interior do veiculo com os braços para cima e sendo levado assim ate a sede da Policia Federal da cidade de Uberaba. Chegando lá, fui encaminhado para uma sala onde permaneci algemado e isolado por varias horas.O advogado e presidente da AESIMIG –Associação das emissoras de sons e sons e imagens de irradiação restrita de Minas Gerais , Gleibe Terra , me acompanhou durante o interrogatório que aconteceu por volta das vinte horas . Neste período ainda algemado o delegado pediu que eu assinasse alguns documentos , quando percebeu a minha dificuldade e autorizou um dos agentes ali presente me retirasse as algemas .Depois de ouvido pela DPF paguei fiança de 500 reais e fui colocado em liberdade onde retornei para Frutal.
Obs – Neste dia me senti como o pior dos humanos, pois tenho minha idoneidade, sem jamais ter passado pelo mundo do crime. Foi aproximadamente dez horas algemado e sem nenhuma alimentação e exposto apenas há alguns copos de água. Isso e uma vergonha para um País onde se prega a justiça e os inocentes pagam pelos culpados que andam soltos e curvados de tanta criminalidade, mas erguidos perante os olhos da humanidade.