• warning: include(../orelha/yp.php): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.
  • warning: include(): Failed opening '../orelha/yp.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/php') in /var/www/data/drupal-6-lts/includes/common.inc(1773) : eval()'d code on line 4.

Minicom fará levantamento sobre exclusão radiofônica

Tags:

Um dos projetos do Ministério das Comunicações é conseguir o que o secretário executivo do ministério, Paulo Lustosa, designou como "inclusão radiofônica". Trata-se de um projeto em linha com o governo Lula, diz o secretário. O ministério desconhece o déficit de emissoras de rádio comerciais existente no país, mas acredita que há uma parcela muito pequena da população que não tenha acesso a transmissões radiofônicas.

"Mas por serem poucos, não são menos importantes que os habitantes das regiões densamente povoadas que inclusive têm outras fontes de informação", disse Lustosa. O ministério está analisando duas propostas de pesquisa para estabelecer o tamanho do "buraco radiofônico": uma da Universidade Cândido Mendes, que pretende fazer uma pesquisa direta, e uma outra do CPqD, que fará o levantamento por geoprocessamento a partir do alcance previsto para as emissoras em operação em todo o país. A tendência é utilizar a segunda metodologia por ser mais barata e mais rápida com o mesmo efeito. Após os resultados deste levantamento, o ministério poderá autorizar o aumento da potência de determinadas emissoras justamente para cobrir os "buracos", inclusive em estradas. O levantamento também orientará o estabelecimento da potência das novas emissoras que o ministério pretende licitar. Ainda dentro do mesmo processo de "inclusão radiofônica", de acordo com o secretario Lustosa, o ministério pretende dar prosseguimento aos estudos para autorizar a transmissão de rádio diretamente de satélites.

Cobertura da televisão

Em relação à televisão, o ministério acredita que a cobertura do país é muito boa devido ao grande número de retransmissoras que foram instaladas nos últimos anos.

Da Redação - PAY-TV News