• warning: include(../orelha/yp.php): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/data/drupal-6-php7/includes/common.inc(1769) : eval()'d code on line 4.
  • warning: include(): Failed opening '../orelha/yp.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/php') in /var/www/data/drupal-6-php7/includes/common.inc(1769) : eval()'d code on line 4.

Rodear de Solidariedade as iniciativas de comunicação popular indígena!

Rodear de Solidariedade as iniciativas de comunicação popular indígena!
Em Rio das Cobras, em Araça-í e em qualquer outro território de luta popular!

Em Junho de 2016, no Colégio Rural Indígena Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras, na região Centro do Paraná, aconteceu o terceiro ciclo de formação sobre comunicação popular e luta indígena, organizado principalmente pelos(as) estudantes e a comunidade. Ciclo esse que faz parte de um trabalho maior iniciado em novembro de 2015, fruto do contato e articulação entre estudantes kaingangs, comunicadores populares e militantes anarquistas.
Após os últimos ciclos, onde discutimos principalmente o levante zapatista e o movimento de rádios populares e livres na américa latina e no brasil, neste encontro compartilhamos argumentos e motivos que nos levaram a instalação de uma rádio popular indígena. Entre vários argumentos, o principal que destacamos é a ausência de meios de comunicação onde pode-se utilizar a nossa língua materna, seja o Kaingang, seja o Guarani e a necessidade de um instrumento de luta e organização dos povos originários dessa terra em defesa de seus direitos sociais.

“Se a escola é o lugar do saber kaingang, então aqui queremos construir nossa rádio em nossa língua”, destaca uma das educandas do CREI Rio das Cobras.

(https://archive.org/details/IMG4434_201610)

Nesta semana de outubro, na Escola Estadual Indígena Mbya Arandu, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, aconteceu a segunda oficina sobre comunicação e rádio, também organizado pelos(as) estudantes, professores e a comunidade guarani aracaí.
Com o acúmulo já debatido com companheiros da Rádio Livre Xibé (de Tefé-AM) e da AMARC Equador, onde tivemos certeza que dar visibilidade a cultura e arte indígena é fundamental para criar e enraizar a resistência, instalamos e demos início a Rádio Araça-í FM, 105,7FM. Com a programação da transmissão inicial destacamos: O contexto do sucateamento do ensino publico e da rebeldia social nas ocupações de escolas no Paraná; Denunciamos a ausência da demarcação das terras indígenas, e por fim, gritamos BASTA ao genocídio do povo indígena!

https://giphy.com/gifs/indio-guarani-ocupa-l2JhpwFnXXfBhSFP2

É somente com muita solidariedade que a nossa resistência cria forças para o poder popular!
Viva a Rádio de Rio das Cobras! Somos todos dessa terra!
Viva a Rádio Araça-i FM!
Ocupar o Espectro! Ocupar as Escolas! Ocupar e Resistir!

Coletivo de Comunicação Popular Indígena
Coletivo Rádio Gralha
Coletivo Anarquista Luta de Classe (CALC)/CAB

Rodear de Solidariedade as iniciativas de comunicação popular indígena!